E-book gratuito Revolução verde

BAIXAR E-BOOK

Blog

A importância do fluxo de caixa na agricultura

PUBLICADO EM: 01/maio/2018

fluxo de caixa na agricultura

O fluxo de caixa  é uma ferramenta bastante utilizada por diferentes empresas, sendo considerado como a base de análises financeiras e tomada de decisões. Atualmente, o fluxo de caixa na agricultura vem ganhando espaço na rotina de produtores rurais que procuram por profissionalizar sua gestão, tendo nele um forte aliado para lidar com as inseguranças que surgem no meio do caminho.

Na agricultura, o fluxo de caixa mais apropriado é o projetado, onde o produtor rural define cenários de acordo com premissas particulares da atividade rural que exerce, como o resultado de safras anteriores, custo operacional por hectare, produtividade, entre outros. Dentro desses cenários, são levantadas algumas simulações que variam de acordo com essas particularidades, e diante do resultado encontrado é possível adotar antecipadamente ações para prevenir determinadas incertezas e também definir metas a serem alcançadas.

Para que você entenda melhor sobre o que estamos falando, separamos 3 tipos de cenários onde é possível ter uma visão do comportamento do seu agronegócio. São eles:

Cenário pessimista: este cenário é gerado com base nos preços de venda de produção abaixo do praticado no mercado, além de baixa produtividade, taxas de câmbio elevadas e majoração de custos com insumos. Dentro dele, você precisa definir os valores essenciais para garantir o cumprimento dos compromissos financeiros dentro dos prazos estabelecidos e também definir um valor de recursos necessários que será preciso obter junto às instituições financeiras para impedir que suas atividades sejam interrompidas devido a falta de crédito.

Cenário otimista: neste cenário, os dados são o inverso do cenário pessimista e servem para designar metas, tanto de produção quanto de preço de venda para fomentar e maximizar o lucro.

Cenário realista: neste terceiro cenário, baseado nas informações presentes, ofertas de preços disponíveis, produtividade de acordo com o andamento da lavoura e taxa de câmbio atual, ele fica dentro do contexto corrente trazendo o resultado que precisa ser alcançado dentro da normalidade.

É com base nessas informações que você terá uma visão dos impactos que as mudanças e oscilações provocam no seu agronegócio previamente, permitindo que você possa estipular uma linha de segurança com base no cenário pessimista, mas sem deixar de lado a realidade do seu negócio atualmente.

Mas por que o fluxo de caixa é tão importante assim?

O fluxo de caixa dá suporte ao agronegócio quando o assunto é entrada e saída de dinheiro, o que possibilita o registro de toda transação financeira para acesso e análise, permitindo que a sua atividade rural esteja com a saúde financeira sempre em ordem.

Ele ainda pode ser subdividido em diferentes categorias, que podem ser personalizadas de acordo com cada atividade agrícola que você exerce na sua propriedade rural e modelo de negócios. A ação básica desse levantamento é primordial para que análises futuras e tomada de decisões sejam feitas com maior assertividade.

Contudo, para que o fluxo de caixa funcione bem, é essencial que você o abasteça frequentemente, com base na liquidez da empresa e com a sua necessidade de avaliação. O ideal é que haja um abastecimento diário das informações, mas caso isso não seja possível, adotar uma frequência semanal e até mesmo mensal pode atender algumas empresas.

Um controle do fluxo de caixa bem realizado possibilita que a propriedade rural lide com situações de alto custo de crédito, redução do faturamento, altas taxas de juros, além de outros desafios. Além disso, o fluxo de caixa proporciona alguns outros benefícios. São eles:

● Saber o nível de inadimplência dos clientes;
● Avaliar se o que foi vendido atualmente será suficiente para cobrir os gastos futuros já conhecidos;
● Saber se é possível ou não conceder prazos de pagamentos aos clientes;
● Saber se há necessidade de realizar um empréstimo;
● Saber a fundo os principais gastos da propriedade rural, possibilitando concentrar atenção naqueles que estão em destaque;
● Antecipar decisões sobre a melhor forma de lidar com sobras ou faltas de caixa;
● Manter organizados os pagamentos dos compromissos financeiros segundo a expectativa de receitas;
● Saber se é possível ou não comprar à vista dos fornecedores para aproveitar alguma oferta especial ou realizar uma compra estratégica.

O que podemos aprender com tudo isso?

Independentemente do tamanho e porte do seu agronegócio, o fluxo de caixa pode e deve ser utilizado. Contudo, antes de elaborar o seu, organize um sistema de coleta de informações que possibilite a visualização das contas a receber, contas a pagar e de todos os desembolsos geradores dos custos fixos.

E lembre-se: o fluxo de caixa é apenas uma das várias ferramentas de gestão que existem no mercado, então não hesite em usá-las para conhecer melhor o seu agronegócio e se preparar para os desafios que surgem dia após dia.

Você pode saber mais sobre esse assunto realizando o download do nosso E-Book  “Gestão de Propriedades Rurais”.

Procurando por uma empresa que realmente entende deste assunto e consegue contribuir com soluções eficientes para o seu agronegócio? Conte com a experiência da MPrado Agronegócios.

Acesse o site da MPrado Agronegócios e conheça um pouco mais dos serviços oferecidos.

 

 

 

Solicite uma ligação

Preencha os campos que nós entraremos em contato rapidamente. Ficaremos felizes em falar mais sobre como podemos aprimorar a gestão da sua empresa.